sexta-feira, 27 de março de 2015

"BOMBA" Polícia Civil prende quadrilha especializada em assaltos a banco no interior do Maranhão

Foto: Nilson Figueiredo
A Polícia Civil do Maranhão conseguiu desarticular duas quadrilhas especializadas em assalto a banco e roubo a carga a partir de operação realizada pela Superintendência de Investigação Criminal (Seic).

Em Chapadinha, sob o comando do delegado Thiago Bardal, o Departamento de Combate de Roubo a Banco da Seic conseguiu prender três pessoas e evitar assaltos conhecidos como ‘sapatinho’, em que os bandidos sequestram familiares do gerente ou tesoureiro da agência bancária, forçando-os a abrir o cofre e entregar vultosas soma em dinheiro.

Na operação foi preso o alagoano Valdemir Laurindo Flores, conhecido como ‘Baleado’, 39 anos; o goiano Vanderluz Gomes da Silva, 34 anos, foragido do sistema penitenciário maranhense, e Jonas Gomes da Silva, 34 anos, natural de Chapadinha.

De acordo com o delegado Bardal, o trio estava sendo monitorado desde janeiro quando levou R$ 400 mil da agência do Banco da Amazônia, em Vitória do Meariam. Valdemir e Vanderluz foram reconhecidos depois da análise das imagens do circuito interno de TV.

“Estávamos monitorando esses dois suspeitos de assaltos no Maranhão, Piauí e Tocantins. Eles foram surpreendidos na tarde de sábado na rodoviária de Chapadinha tramando os detalhes da ação criminosa que seria realizada nesta quarta-feira (25), no Banco Bradesco. Eles iriam sequestrar o gerente do banco”, informou o delegado.

O delegado Bardal explicou que durante o depoimento o trio revelou que, usando o mesmo modus operandi, iria assaltar, em seguida, o Banco do Brasil em Vitorino Freire.

Em poder do trio foi apreendida uma pistola e um revólver calibre 38. Eles foram autuados por associação criminosa e porte de arma de uso restrito. O veículo Celta que estava sendo conduzido por Jonas também foi apreendido.

Roubo de carga

O segundo trabalho realizado pela Seic, mas desta vez pelo Departamento de Combate a Roubo de Carga, sob a coordenação do delegado Lúcio Reis, resultou na desarticulação de uma quadrilha especializada no roubo de carga de cigarro com atuação nas regiões Norte e Nordeste.

A ação resultou na prisão do paraense Geraldo Leonardo Viana, conhecido como ‘Geraldin’, 40 anos, apontado como líder do bando; e os irmãos Bernardo Alves de Sousa Júnior, 32 anos, e Guterg Delfino de Sousa, 39 anos; além do goiano João Paulo Mendonca Sanches, 27 anos, e dos tocantinenses Clovis Pereira Fraga e Antônio Elton Alves da Conceição, o ‘Hugo’, 31 anos.

Ao bando é atribuído dois assaltos à carga de cigarro da empresa Sousa Cruz nas cidades de Redenção (PA) e Carolina (MA), nos últimos meses, avaliadas em R$ 800 mil, cada uma. “O nosso maior objetivo é descapitalizar essas operações criminosas”, pontuou o delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros.

O trabalho que culminou com a ação do bando foi feito em conjunto com a Polícia Civil do Tocantins e durou aproximadamente seis meses. Embora a prisão tenha ocorrido no Tocantins, o grupo foi recambiado para o Maranhão, a fim de responder pelo assalto ocorrido em Carolina. Todos estão custodiados no Centro de Detenção Provisória, em Pedrinhas. (Informações da SSP/MA).
 
WWW.CarlosNoticias.com.br                                     27/03/2015

0 comentários :

Postar um comentário