29 de junho de 2016

Prefeito Sebastião Madeira, O EGOÍSTA…

O EGOISTAPoliticamente, não existe uma palavra que defina melhor o prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira, do que EGOÍSTA. Ele possui quatro mandatos de Deputado Federal e nunca se dispôs a trabalhar um nome para lhe substituir naquela casa, nem mesmo um deputado estadual da região tem suas digitais politica. Madeira também possui dois mandatos de prefeito e nunca se dispôs a trabalhar bem um nome para lhe suceder na prefeitura.
Hoje, com as eleições batendo na sua porta, ele prefere “apoiar” Ribinha Cunha (O ATRASADO) do que fazer uma aliança com o PMDB e apoiar Assis Ramos (O NOVATO), inclusive, contrariando a orientação de Brasília, que ver com bons olhos o casamento PMDB –PSDB, sobretudo nas grandes cidades.
Madeira não irá apoiar Daniel Souza (O PERSEVERANTE), que mesmo tendo a fama de um bom chefe, virtude reconhecida pelo próprio prefeito, não tem  o perfil de líder, pois não consegue agregar simpatizantes  o suficiente para tirá-lo do pífio desempenho nas pesquisas. Precisaria de um esforço financeiro grandioso, além de uma boa imagem de sua gestão, para Madeira conseguir alçar a candidatura de Daniel Souza.
Esses dois fatores Madeira não dispõe e mesmo que dispusesse seu egoísmo não autorizaria tal ação. Madeira não aceita apoiar ASSIS RAMOS, um neo-imperatrizense, um servidor publico, um policial, que tem chances reais de ganhar as eleições, caso receba apoio do prefeito, simplesmente pelo fato de não aceitar a possibilidade do surgimento de uma nova liderança, que pode ofusca-lo politicamente, sobretudo, em 2018.
Não podemos negar que uma eventual vitória do Delegado ou até mesmo, não ganhando, mas tendo uma votação expressiva, colocaria o policial em um patamar de igualdade com os lideres políticos da região, inclusive com Madeira. Prefere apoiar Ribinha Cunha, que acordou com o barco das eleições andando, pois mesmo sendo UM BOA PRAÇA, não consegue alcançar os 2% das intenções de voto, conforme pesquisas recentes.
Madeira entende que apoiando Ribinha não terá gastos na campanha e ainda terá um candidato falando bem dele e de sua gestão, garantindo assim a evidencia de seu nome no processo politico que se aproxima. Enfim, Ribinha será um mero escudo, com dificuldades de fazer bem esse papel, tendo em vista não possuir qualquer legado politico para se contrapor a medíocre gestão Madeira.
Com o egoísmo de Madeira quem perde mais uma vez é Imperatriz, pois a cidade ficará a mercê de um consórcio encabeçado por Rosângela Curado (A SEDENTA), consórcio este que foi forjado em negociatas que tem o mesmo odor do ‘PETROLÃO’, investigado pela operação lava-jato  e o mesmo odor dos superfaturamentos da saúde, investigado pela operação ‘SERMÃO DOS PEIXES’. E o pior, Imperatriz poderá amargar, mais uma vez, a tirania de Ildon Marques (O INSACIÁVEL) acompanhado de toda sua casta de “nobres gatunos” e bobos da corte.
deu no blog do antônio marcos      29-06-16

0 comentários :

Postar um comentário