segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Jornalista vai votar e descobre que estava morto no Maranhão

Por Luis Cardoso
São muitos anos votando na mesma 64ª seção e na mesma segunda zona, no Colégio Batista, no João Paulo. Para minha surpresa, na hora de votar agora no começo tarde, estou morto. Meu título foi cancelado. 
Logo mostrei aos membros da Mesa que estou vivo e com todas as documentações de eleitor atualizadas, sendo a última do voto em 2016 no segundo turno para prefeito de São Luís.
Porém, ninguém soube explicar como cancelaram meu título eleitoral. A irresponsabilidade da Justiça Eleitoral, que tenta se modernizar e comete erros que prejudicam o cidadão é tamanha que beiram ao ridículo.
Pior que enfrentar uma fila enorme foi a frustração de não puder exercer  a cidadania. Ouvindo a cobertura da votação por emissoras de rádios soube que não estava sozinho.
Várias reclamações por telefone sobre suspensões e cancelamentos de títulos. E o pior: o eleitor não sabe os motivos. Exceto os que já morreram, o que não é o meu caso.

0 comentários :

Postar um comentário