quarta-feira, 27 de abril de 2016

Deputada Francisca Primo cobra ação visível no combate ao mosquito Aedes aegypti

Deputada Francisca Primo cobra ação visível no combate ao mosquito Aedes aegypti
Em pronunciamento feito na sessão desta segunda-feira (25), a deputada Francisca Primo (PT) chamou atenção dos gestores municipais quanto à falta de ação no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zica Vírus e Chikungunha, doença que está se alastrando nos municípios maranhenses.
Em visita feita no último fim de semana a Buriticupu, Francisca Primo disse que recebeu reclamações de vários pacientes informando que estão voltando do hospital sem atendimento, pois, segundo eles, faltam medicamento, médico e até espaço para receberem o devido tratamento. “Estive em Buriticupu neste final de semana e nunca tinha visto uma epidemia tão grande quanto esta de Buriticupu, onde mais de 60% da população já teve Zika, Dengue ou Chikungunya ou estão doentes neste momento”, afirmou ela.
Ainda segundo a deputada, somente os agentes de endemias e agentes de saúde é que estão fazendo o trabalho de combate, mas apesar do esforço deles, não estão conseguindo realizar o trabalho a contento, visto que o número de profissionais são poucos. “É preciso uma ação mais visível. Os cidadãos estão sofrendo com o descaso do gestor do município, ficando todos sem atendimento e tratamento adequado e com a sua saúde prejudicada. Muitos não conseguem nem andar, pois as dores são terríveis”, acentuou Francisca Primo. .
Ao finalizar, Francisca Primo reforçou uma indicação onde solicitou ao governador Flávio Dino que encaminhe, através do gestor da regional de Saúde de Açailândia, dois carros fumacê para Buriticupu e um para Bom Jesus das Selvas, para ajudar eliminar  os focos  do mosquito transmissor. “A população não aguenta mais sofrer por conta dessa doença”.
    DA ACESSÓRIA
        WWW.CARLOSNOTICIAS.COM.BR 
        WWW.CARLOSNOTICIAS.COM.BR 

0 comentários :

Postar um comentário