segunda-feira, 24 de março de 2014

'''PALHAÇADA '' Irresponsabilidade: Empresa de ônibus deixa o povo de Açailândia a pé

A população mais carente da grande cidade de Açailândia bem como a prefeitura municipal e o Ministério Publico do direito do consumidor, foram pegos de surpresa por uma atitude no mínimo irresponsável, da empresa OAM, “Viação São Francisco” concessionaria monopolista do serviço publico de transporte coletivo da cidade, que anunciou no domingo 23 o fim das atividades já para a OK1segunda feira 24, sem qualquer aviso prévio, e em uma atitude completamente desafiadora as leis e clausulas que regem o contrato de concessão e as relações de consumo.

Segundo a direção executiva da empresa em nota, entre os motivos estar o desequilíbrio econômico – financeiro do contrato de concessão causado por conta do que a empresa classifica como “Desleal Concorrência” com o serviço de “táxi lotação”.
A Açailândia deve viver um caos no transporte publico, com a empresa OAM por causa de ganancia por lucro maior, deixando cerca de 10 mil trabalhadores e estudantes que utilizam diariamente o transporte publico coletivo na cidade completamente a pé, sem poder se locomover, direito este garantido pela Constituição Pátria.
É preciso uma ação rápida por parte da prefeitura através da procuradoria e do DMT Departamento Municipal de Transito e do ministério Publico dos direitos do consumidor, para fazer uma intervenção na empresa OAM transportes, ou acionar os proprietários para que o mesmo cumpra o contrato com o povo de Açailândia, e sejam responsabilizado pelos eventuais dano causado a coletividade.
fonte blog rei 12.com

0 comentários :

Postar um comentário