terça-feira, 26 de novembro de 2013

Universitária é morta dentro da própria casa em Caxias

A universitária Surama Patrícia Silva Araújo, de 28 anos, foi assassinada a golpes de faca na cidade de Caxias. O autor do crime, segundo a Polícia Militar, foi Paulo Santos Carvalho, mais conhecido como Paulinho, de 32 anos, que tem várias passagens pela delegacia local, pela prática de furtos e arruaças.

O crime que chocou a população caxiense, segundo a PM, ocorreu dentro da própria casa da estudante, que residia no bairro Liberdade, naquele município. Ainda de acordo com a polícia, a vítima não conhecia o assassino. “Ele simplesmente invadiu a casa dela e passou a desferir os golpes contra a jovem”, disse um vizinho da universitária.

Paulinho foi preso pouco tempo depois por militares do Grupo de Operações Especiais (GOE), e na 17ª Delegacia Regional de Caxias, visivelmente drogado, disse frases sem sentido. “Sou das Américas e vou matar mais gente ainda”, afirmou o assassino, enquanto a polícia judiciária tomava seu depoimento formalizado.

Aluna da Universidade Anhanguera, Surama Patrícia Araújo era natural da cidade de Senador Alexandre Costa, mas resolveu se mudar para Caxias por conta dos estudos. Revoltada, a população pede justiça, uma vez que, apesar de já ter sido preso outras vezes, Paulinho sempre passa pouco tempo na prisão porque teria problemas mentais.

0 comentários :

Postar um comentário