quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Dois homens de Imperatriz são presos com carro roubado em Axixá

receptadores

Um terceiro homem, morador de Barra do Corda, também foi preso junto com os Imperatrizenses



Os três homens são acusados de roubar um carro em Riachinho (TO)
Foto: Reprodução/Folha do Bico
Três homens foram presos pela Polícia Militar na cidade de Axixá do Tocantins, suspeitos de receptarem um carro roubado em Araguaína. Dois deles são de Imperatriz.
P.L.D. de Sousa e J. B. Feitosa, residentes nos bairros Santa Rita e Parque Amazonas, em Imperatriz, e F.S.de Oliveira, residente no centro de Barra do Corda foram presos durante uma operação da Polícia Militar, em virtude de um de roubo que aconteceu no município de Riachinho (TO).
Policiais da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e dos destacamentos da 4ª CIPM realizavam diligências a procura dos ladrões que estavam em dois veículos, quando a guarnição da cidade de Axixá foi acionada pelo Comando do Policiamento Urbano de Araguatins para abordar dois veículos que trafegavam pela TO-405 no sentido São Bento do Tocantins à Axixá. No Bairro Consórcio, em Axixá, a guarnição se deparou com um Fiat Uno de cor prata, de Bacabal, rebocando o Fiat Uno de cor vermelha, placa de Palmeiras do Tocantins. Quando percebeu a presença da polícia, o condutor do veículo da frente arrancou de forma súbita quebrando a corda que prendia os dois veículos. Sem ter tempo para fugir, Oliveira foi preso dentro do veículo roubado em Araguaína, que estava sendo rebocado.
Já o veículo prata foi localizado minutos depois, após ter capotado nas proximidades do posto de saúde, no centro de Axixá. Após o acidente, condutor e passageiro fugiram a pé pelo centro comercial da cidade. Sousa chegou a trocar de roupa em uma loja de confecções, mas logo foi impedido. Em seguida, Feitosa foi detido quando tentava se esconder dentro de uma loja de telefonia.
carro_roubado_riachinho
Após capotar o carro no centro comercial de Axixá, os homens fugiram do local abandonando o veículo
Foto: Reprodução/Folha do Bico
Depois de presos, os acusados declararam que uma pessoa de nome “Rafael” é quem teria roubado o Fiat vermelho em Araguaína. Segundo os acusados, eles receberam o veículo para repassarem a outra pessoa. Ao ser abordado, Sousa apresentou uma carteira de identidade em nome de Pedro Alves de Sousa, porém os policiais encontraram seu verdadeiro documento, inclusive, com o nome constando em dois mandados de prisão por roubo, um na cidade de Parauapebas (PA) e outro na cidade de Wanderlândia (TO).
Após a perícia, os veículos e os autores foram apresentados à Delegacia de Polícia de Augustinópolis, onde foi confirmado que o Uno vermelho é realmente produto de roubo e o Uno prata possui licenciamento atrasado e características de carro conhecido como FINAN.
Com Informações do site Folha do Bico e  Do Minuto
postado por carlosnoticias.com     em 19/09

0 comentários :

Postar um comentário