segunda-feira, 8 de julho de 2013

MP Nele! ‘Prefeito Atrapalhado’ é denunciado por uso indevido de recursos públicos

MP Nele! ‘Prefeito Atrapalhado’ é denunciado por uso indevido de recursos públicos

08/07/2013 às 09:17 em Política
Só de Janeiro a Abril de 2013 José Gomes Rodrigues (PMDB) teria utilizado mais de R$ 100,000,00 do FUNDEB para pagar dívidas do ex. prefeito Antônio Marcos de Oliveira (PDT). O que é proibido pela Lei do FUNDEB (11.494-2007) Art. 25.
Zé-Gomes-Benedito-1024x977
João Benedito (vice) e José Gomes Rodrigues (prefeito)
Buriticupu – Os Conselheiros do FUNDEB de Buriticupu,(Alan Patrique e Jamerso Lindoso), protocolaram uma denúncia no MP de Buriticupu-MA na qual afirmam com provas documentais que parte dos recursos do FUNDEB de Buriticupu estão sendo utilizados de forma irregular pelo prefeito José Gomes Rodrigues (PMDB).
Segundo os Conselheiros, só de Janeiro a Abril de 2013 foram utilizados pelo prefeito Zé Gomes mais de R$ 100,000,00 do FUNDEB para pagar dívidas do ex. prefeitoAntônio Marcos de Oliveira(PDT), que é investigado sob suspeita de ter desviado mais de 5 Milhões do IPSEMB, só em 2012.
Outras questões irregulares identificadas pelos Conselheiros foi o pagamento de servidores não hábitos a receber seus vencimentos com a cota parte dos 60% do FUNDEB que é destinado exclusivamente para professores e profissionais de apoio contemplados na presente LEI.
Por fim, e não menos importante, os Conselheiros identificaram na folha de pagamento do mês de Maio uma quantidade absurda de profissionais contratados que estão ocupando a vaga que por lei e direito é destinada as pessoas que foram aprovadas e classificadas no ultimo concurso público ainda em vigor.
Pasmem os senhores, 274 AOSD e 157 Vigias contratados, são alguns dos exemplos que provam a necessidade da intervenção da justiça, pois o ingresso no funcionalismo público é prioritariamente por meio de concurso público e não por indicação política partidária.
Coincidência ou não, o fato é que alguns dias após a denúncia dos Conselheiros começaram as demissões em várias secretarias, inclusive na de educação.
Por Antônio Marcos

0 comentários :

Postar um comentário